Arqueólogos e historiadores identificaram diversos tipos de sociedades organizadas, desenvolvidas e com trocas comerciais por todo o continente:

A ESCRAVIDÃO AFRICANA

A prática da escravidão na África pré-colonial existia, mas de maneira diferente da que foi praticada pelos europeus a partir da exploração do Novo Mundo. As pessoas escravizadas provinham de guerras entre tribos rivais: o “escravo de guerra”. Entretanto, algumas das pessoas escravizadas possuíam determinados privilégios, podendo inclusive adquirir posses. A integração dessas pessoas só não ocorria para a livre escolha em matrimônio e para ascensão política. Todavia, com a chegada dos árabes a organização e a tonalidade da pele passou a representar valor mercantil: a pessoa escravizada torna-se – de fato – mercadoria.

Anterior a vinda e início da exploração europeia eram estimados, no mínimo, 835 grupos linguísticos, segundo o mapa do antrópologo George Murdock. Após as intervenções exploratórias europeias a partir do século XVI e o processo de Partilha da África (neocolonização do século XIX) inúmeras etnias deixaram de existir. Veja abaixo o mapa elaborado por Murdock e, a seguir, a relação dos grupos étnicos africanos registrados atualmente:

Mapa das etnias africanas pré-coloniais (Murdock/1959)

Segundo o Catálogo Arte na África (2004), de curadoria do Ethnologisches Museum*, são 105 os grupos étnicos africanos:

Fonte: ROCHA, M. Imagens e palavras: suas correspondências na arte africana. Orientadora: Profa. Dra. Marta Heloísa Leuba Salum, 2007. Dissrtação – Museu de Arqueologia e Etnologia PPGA/USP, 2007. Disponível em: https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/71/71131/tde-05072007-102226/publico/01tdeMariaCorinaRocha.pdf

* O Ethnologisches Museum (Museu Etnológico de Berlim) está envolto em polêmicas:

O novo Fórum Humboldt de Berlim levanta novamente o debate sobre quem tem o direito de possuir e exibir o patrimônio oriundo da África

Alemanha devolve à Namíbia objetos saqueados no século 19

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.