SOLIDARIEDADE >>>>>SUBSTANTIVO FEMININO

DEFINIÇÃO:

Qualidade de solidário, de quem está disposto a ajudar, acompanhar ou defender outra pessoa, numa dada circunstância.

Manifestação desse sentimento com o propósito de ajudar; ajuda, amparo, apoio.

RICHARD RORTY – FILÓFOSO PRAGMATISTA ESTADUNIDENSE

Viveu entre os anos de (1931-2007)

PRINCIPAIS OBRAS:

Filosofia e o espelho da natureza (1979)

Contingência, ironia e solidariedade (1989)

Filosofia como política cultural (2007)

“SE PODES OLHAR, VÊ, SE PODES VER, REPARA”

Em Rorty, ser solidário significa: agir segundo a intenção, e em relação a um nós.

QUEM SOMOS NÓS?

...a raça humana, a humanidade, aqueles que detêm a racionalidade, aqueles que vivem neste país, aqueles que vivem nesta casa, aqueles que torcem para este time, aqueles que têm determinadas características físicas, aqueles que…

QUE TAL AMPLIAR O “NÓS”?

“[…] a capacidade de julgar insignificante uma massa cada vez maior de diferenças tradicionais (tribais, religiosas, raciais, de costumes etc.), em comparação a semelhanças relativas à dor e à humilhação: a capacidade de englobar, no campo do ‘nós’, pessoas muito diferentes de ‘nós’.”

“Acreditar que alguém é ‘um de nós’ […] é estar pronto para ir ao seu auxílio, quando necessitar. […] Assim, responder à questão ‘quem somos nós’ […] é procurar a quem nós estamos querendo fazer alguma coisa para ajudar.”

Ética (etimologia)

Do grego ethos, que significa “caráter”, “costume” ou “modo de ser”.

O sentido da palavra ética, na realidade, se inspirou na expressão grega ethike philosophia, que significa “filosofia moral” ou “filosofia do modo de ser”.

Os romanos traduziram o ethos grego, para o latim mos (ou no plural mores), que quer dizer “costume”, de onde vem a palavra “moral”.

Tanto ethos como mos indicam um tipo de comportamento propriamente humano que não é natural, o homem não nasce com ele como se fosse um instinto, mas que é adquirido ou conquistado por hábito.

Portanto, ética e moral, pela própria etimologia, dizem respeito a uma realidade humana que é construída histórica e socialmente a partir das relações coletivas dos seres humanos nas sociedades onde nascem e vivem.

Solidariedade (no dicionário)

1 Qualidade, característica, condição ou estado de solidário.
2 Sentimento de amor ou compaixão pelos necessitados ou injustiçados, que impele o indivíduo a prestar-lhes ajuda moral ou material.
3 Ligação recíproca entre duas ou mais coisas ou pessoas, que são dependentes entre si.
4 Responsabilidade recíproca entre os membros de uma comunidade, de uma classe ou de uma instituição.
5 Apoio em favor de uma causa ou de um movimento.
6 Compartilhamento de ideias, de doutrinas ou de sentimentos.
7 Reciprocidade de interesses e obrigações.
8 Compromisso jurídico entre as partes de uma obrigação, sejam eles credores ou devedores.
9 Estado ou situação de um grupo que resulta do compartilhamento de atitudes e sentimentos, tornando o grupo uma unidade mais coesa e sólida, com a capacidade de resistir às pressões externas.

Origem da palavra solidariedade: Francês solidarité, “responsabilidade mútua”; Solidarité, por sua vez, vem do Latim solidus, “firme, inteiro, sólido”.

A SOLIDARIEDADE, BEM COMO A RESPONSABILIDADE ESTÃO DIRETAMENTE LIGADAS À ÉTICA

SOBRE A ÉTICA E A SOLIDARIEDADE:

Muito se fala em solidariedade, mas pouco se pratica. Solidariedade é um valor que só se manifesta através de ações e não de discurso, como as autoridades normalmente fazem, em função de seu significado: “Qualidade do que é solidário. Dependência mútua. Reciprocidade de obrigações e interesses. Direito de reclamar só para si o que se deve a todos. Adesão ou apoio à causa, empresa, princípio etc.”.

A “ética”, MUITAS vezes é aplicada de forma equivocada, considerando seu verdadeiro significado: “Parte da Filosofia que estuda os fundamentos da moral. Conjunto de regras de conduta. Estudo dos juízos de apreciação referentes à conduta humana suscetível de qualificação do ponto de vista do bem e do mal, relativamente à determinada sociedade ou de modo absoluto”. Infelizmente, o que vemos com muita frequência é a total falta de ética em todos os ambientes e grupos sociais, principalmente no serviço público, em todas as esferas. Nos dias atuais vivemos uma total inversão de valores. Rui Barbosa, grande jurista e escritor baiano, conhecido como “O Águia de Haia”, estava certo ao afirmar, em 1908, que chegaria o dia em que ele se envergonharia de se declarar honesto. Esse dia já chegou há muito tempo.

APÓS LER O CONTEÚDO E ASSISTIR AOS VÍDEOS, RESPONDA AS QUESTÕES ABAIXO:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.